9 de abr de 2014

?!

Todas as palavras guardadas
decantaram
e formaram uma crosta
no fundo de meu
aquário.

As palavras não ditas,
mesmo intranqüilas,
sedimentaram.

E eu, que guardava
cada palavra
bem no fundo do armário,

não pude escutar os
segredos que as palavras
me falavam.

Nenhum comentário:

eu sei da umidade em que tu chafurdas e sei dos monstros que estão sobre a cama na hora em que te deitas eu sei que atrás da  porta res...