25 de mai de 2016

das fotografias não
batidas nesta vinda
para o trabalho:

a rosa champagne
a umidade do orvalho
o cogumelo de hiroshima
na fumaça do meu cigarro
as caras das pessoas que
não queriam estar aqui

que não querem mais
nada

um termômetro ou
uma notícia de rádio
que anunciam

[em blumenau, 9
graus celsius
às 7 da manhã]

Nenhum comentário:

eu sei da umidade em que tu chafurdas e sei dos monstros que estão sobre a cama na hora em que te deitas eu sei que atrás da  porta res...