21 de jul de 2016

De quando criança
olhava as pessas adultas
suas certezas
caras e bocas de quem
compreende o que
está passando

quando eu for adulto,
me dizia,
vou olhar como quem sabe
[eu ensaiava].

as enfermeiras e as
técnicas de enfermagem
conversam atrás do vidro
na sala de espera da
quimioterapia

: o admirável olhar de
certeza de quem sabe
o que está passando.

quanto a mim,
vejo-me ali
observando a reunião

; entre angústia
e admiração,
apenas observo.

Nenhum comentário:

como um menino que sonha com pilhas - substantivo que mal cabe no poema - amarelas e que soltam faíscas que acendam as luzes as engrenagens ...