2 de mar de 2017

aqui não é brasil
a não ser pelo calor
pela umidade e pelos
mosquitos.

aqui não é brasil
- veja a arquitetura
a pele clara, os
olhos azuis, verdes
(às vezes um de cada
cor por complicações
genéticas) -
a não ser pela
fome.

aqui não é brasil
- praças verdes,
rios caudalosos,
montes nevados -
a não ser pelas tramoias,
pelas falcatruas.

aqui não é brasil
e por isso se sonegam
tantos impostos;
ninguém quer pagar
ao país que não
pertence.

não é brasil
pela ética protestante,
pelo conservadorismo
católico,
pelo evangelismo
que cala, consente
e elege políticos
sem passado, mas
com jesus no coração.

aqui não é brasil
e se vê pelo tanto que
se trabalha.
enquanto o país samba,
o sul trabalha. nos quatro
dias de carnaval, o sul
trabalha.
(e se ousar dizer que
nos 20 dias da festa étnica
não se trabalha, dizemos:
vamos trabalhar bêbados
e de ressaca,
vamos trabalhar ofendidas
e abusadas,
vamos trabalhar porque o
trabalho nos identifica
mais do que nos mata).

aqui não é brasil
definitivamente.
aqui se pretende
ser europa
- sem poder sê-lo,
aqui se imita todo tempo
o estrangeiro
e se nega que se habita
a própria casa.

Nenhum comentário:

se eu me chamasse, ponhamos djalma, e usasse uma camiseta com a foto e uma frase de pe. zezinho. quem sabe da oração da família e se eu n...