27 de mar de 2017

se estas letras fossem para um 
poema aquele momento específico
em que descobrimos asunción
num quarto sem refrigeração

se estas frases tivessem sido pensadas
durante a noite em claro e não
durante a caminhada ao trabalho
nesta manhã de névoa e solidão

se cada assinatura minha 
fosse na dedicatória a um amigo
e não preenchendo processos

se o fim de mês nos desse mostras
de que o futuro. se o fim de mês
nos desse mostras, não tropeços. 

Nenhum comentário:

se eu me chamasse, ponhamos djalma, e usasse uma camiseta com a foto e uma frase de pe. zezinho. quem sabe da oração da família e se eu n...