15 de jul de 2009

Poema único para a quarta-feira.

LAMPEJO #21

Ruína:

— Meu nome é Angústia.
— Prazer, meu nome é Cocaína.

Um comentário:

Labes disse...

alterei ali em cima pela liberdade poética, entende? procurando soar impessoal. rsrs.

como um menino que sonha com pilhas - substantivo que mal cabe no poema - amarelas e que soltam faíscas que acendam as luzes as engrenagens ...