4 de mai de 2015

Vamos despertar
antes que inicie
o pesadelo:

(quem sabe se
dando as mãos
não criamos
aqui um freio
pra parar
o que não devia
jamais ter começado
mas já se encontra
no meio?)


Vamos evitar
cair somente
em devaneio
e pisar firme
com os pés:
passo-a-passo,
mas passo
de pé inteiro!

Porque nisso de
andar descalço
a gente ainda se
machuca!

Nisso de andar no alto,
a gente cai de forma
abrupta
e nunca vai ter certeza
do que é sonho,
do que é luta,
do que é nuvem de
fumaça
e do que parece teoria
e é trapaça.

Nenhum comentário:

um inventário com todos os mortos inclusive aquele jovem velado pelo pai de barba muito branca na sala de casa eu disse a carminha: morreu o...