5 de mai de 2016

escrever nos envelopes
poemas como se
endereços

postá-los para
quem sabe

e esperar chegar
o olhar atento
e um balançar

de cabeça como
resposta:

"o senhor precisa
preencher direito".

aceita assim
mesmo.

se o envelope se perde,
talvez que a gente se ache.

Nenhum comentário:

eu sei da umidade em que tu chafurdas e sei dos monstros que estão sobre a cama na hora em que te deitas eu sei que atrás da  porta res...