6 de fev de 2017

Trazia na pele o verde-viscoso
dos afogados de muitos dias:
o inchaço do corpo,
a revolta das tripas.

Não houve cheia no rio,
não houve enxurrada
que explicasse o acontecido.
"A chuva foi tanta",

dizia. "A chuva foi tanta
que nos afogamos
na umidade relativa".

Sol, sim, sol havia.
Mas era dentro, sobretudo
dentro que chovia.

Nenhum comentário:

como um menino que sonha com pilhas - substantivo que mal cabe no poema - amarelas e que soltam faíscas que acendam as luzes as engrenagens ...