16 de jun de 2010

Um poema de solução.

LAMPEJO #25

Quantos nós que
nos levam
até o fundo do poço
solucionamos com
apenas um nó
em volta do
pescoço?

4 comentários:

Elaine Cristina disse...

Cachecol? Gravata?

Clóvis Truppel disse...

A forca para os delinquentes para os fora da lei...para os apátridas os parricidas...para os covardes e os corajosos...para os matricidas a forca é para os ladrões de cavalo
os abigeatarios...dê um nó num pingo dagua dae...te mostraras capaz sim capacitado...um capado citado...
paz oq que querem Paz também vão prah forca...CARAJO num escapará nenhum de nós dos nós...
OS NÓS SÃO PARA NÓS?

Labes disse...

de cadarço, elaine.

sim, clovito. os nós são/estão para nós como nós estamos para os nós. assim.

Bigo disse...

eis que o amor me deu um nó

[duns inéditos aí] um carimbo exatamente aqui duas assinaturas de testemunhas três vias que serão analisadas por altos funcionários e co...