11 de ago de 2010

Um poema sóbrio.

LAMPEJO #30

Sobressalto!
Quando o cheiro
dela
ou vem do
meu corpo
ou duma fresta
na janela.

Nenhum comentário:

um inventário com todos os mortos inclusive aquele jovem velado pelo pai de barba muito branca na sala de casa eu disse a carminha: morreu o...