11 de ago de 2010

Um poema sóbrio.

LAMPEJO #30

Sobressalto!
Quando o cheiro
dela
ou vem do
meu corpo
ou duma fresta
na janela.

Nenhum comentário:

será fim de tarde daqui a pouco e veremos os suicidas fazendo fila em cima da ponte do tamarindo para decidir quem pula e quem não levi...