3 de dez de 2015

segunda.a.segunda

Se os iguais são
indiferentes
e os diferentes
estão desiguais,
é preciso urgente
encontrar caminhos,

mas quais?

Será que por aqui
mesmo?

[entre acerto e desconcerto,
injustiças e polícias,
políticas e mentiras]

Para a frente
sempre,
nunca pra trás!

Nenhum comentário:

eu sei da umidade em que tu chafurdas e sei dos monstros que estão sobre a cama na hora em que te deitas eu sei que atrás da  porta res...