21 de jul de 2016

[no sorriso dela
o frio se irrita
na ausência dela
a manhã se limita

a ser espera]

Nenhum comentário:

como um menino que sonha com pilhas - substantivo que mal cabe no poema - amarelas e que soltam faíscas que acendam as luzes as engrenagens ...